UM MOVIMENTO PELA CULTURA DE DOAÇÃO. ENGAJE-SE PARA PROMOVER CAUSAS E PROJETOS SOCIOAMBIENTAIS, GARANTIR DIREITOS E FORTALECER A DEMOCRACIA NO BRASIL.

Descubra/

Mural

O caminho da doação: para onde vai o seu dinheiro

05.06.2018 // por Viralize

Quando o assunto é dinheiro, muita gente fica com receio de fazer uma doação sem ter certeza como e no quê o recurso será aplicado pela organização apoiada. Estabelecer essa relação de confiança é fundamental.

Para isso, é importante entender como as instituições sociais atuam, quais são suas demandas e necessidades, como se dá a gestão interna e externa e onde os recursos são direcionados. O fato é que isso depende muito do foco de atuação de cada organização.

Hoje, no país, temos uma gama de instituições que atuam não só em iniciativas de assistência social mais tradicionais, mas com projetos inovadores de pesquisa; aprimoramento da gestão pública; campanhas para alterar legislações; desenvolvimento de aplicativos e ferramentas para melhoria da educação e saúde; articulação comunitária; mobilização da sociedade para participação ativa; e tantas outras iniciativas transformadoras e essenciais para a garantia de direitos fundamentais dos brasileiros.

Veja então algumas possibilidades de onde a sua doação pode ser aplicada:

  • Para manter uma organização atuando – seja ela qual for – é preciso uma infraestrutura por trás. Assim, parte dos recursos doados é utilizado para pagar o aluguel do imóvel no qual a instituição está; conta telefônica; água e luz; impostos; materiais de escritório e higiene etc. Sem esse dinheiro – que normalmente as organizações da sociedade civil não conseguem de doadores maiores, como empresas e fundações – é impossível manter as atividades diárias.
  • As organizações que atuam diretamente com o público-alvo, ou seja, crianças, adolescentes e idosos em projetos de educação, saúde, cultura, esporte etc. precisam de recursos para contratar equipe, elaborar materiais pedagógicos, disponibilizar bolsas de estudos, comprar alimentos para os lanches e o que mais for necessário para o desenvolvimento das ações com qualidade.
  • Outra possibilidade é o uso dos recursos doados para contratação de funcionários para a parte administrativa, assim como investir na formação e aprimoramento profissional dos mesmos, possibilitando que façam cursos, participem de eventos, palestras, entre outras ações, que os permitam ter contato com novos conhecimentos e aprimorem sua atuação na organização.
  • Há ainda entidades que contam com iniciativas de “apadrinhamento”, principalmente de crianças ou idosos, que vivem em casas-lares, abrigos, casas de repouso. A ideia é que a doação seja direcionada para suprir necessidades básicas deste “afilhado” e permita uma melhor qualidade de vida, com compras de materiais, roupas, programas educativos, esportivos etc.
  • Algumas instituições atuam também no que chamamos de advocacy, ou seja, articulando e incidindo em políticas públicas para mudanças mais sistêmicas. Para que possam desenvolver esse tipo de ação, são necessários recursos para realizar viagens (para incidir onde o poder está – executivo, judiciário, legislativo – normalmente em Brasília), desenvolver materiais de comunicação, elaborar documentos, fomentar campanhas públicas, elaborar petições e consultas públicas. Tudo isso demanda dinheiro, é claro!
  • Algo fundamental e que grande parte das organizações ainda não conseguem realizar por falta de recursos é um processo de avaliação de suas iniciativas. É preciso o desenvolvimento de indicadores e instrumentos avaliativos, além da aplicação dos mesmos (junto aos beneficiários, comunidade ou outro público pertinente), o que, muitas vezes, é oneroso, principalmente para pequenas instituições. Ter recursos livres para aplicar neste tipo de atividade é essencial a fim de que as instituições possam, cada vez mais, ter transparência e consigam mostrar o impacto de suas iniciativas na sociedade, trazendo assim mais credibilidade para o setor.

Clique aqui, acesse nossas causas e apoie os projetos disponibilizados na plataforma VIRALIZE! Faça parte desse movimento em prol da cultura de doação no Brasil!

Mural

Ao doar para uma organização social você também pode estar apoiando uma criança

No dia 12 de outubro foi comemorado o Dia das Crianças, data sancionada no Brasil em 1924 por meio de um decreto qu...

Mural

Nada sobre nós sem nós: como apoiar e lutar com as pessoas com deficiência

“Nada sobre nós sem nós”, este foi o lema de uma multidão de pessoas com deficiência que, na década de 1980, ma...

Mural

Entrevistamos Amália Fischer, cofundadora do Fundo ELAS, sobre doação e o impacto nos direitos das mulheres no Brasil

Quando o assunto é direito da mulher, o cenário brasileiro melhorou, mas ainda há muito a se fazer para que números ...

Realização
Apoio
Acompanhe a VIRALIZE

© 2018. Todos os direitos reservados.

Novidades

Deixe seus dados e receba alertas com as novidades da Viralize.