UM MOVIMENTO PELA CULTURA DE DOAÇÃO. ENGAJE-SE PARA PROMOVER CAUSAS E PROJETOS SOCIOAMBIENTAIS, GARANTIR DIREITOS E FORTALECER A DEMOCRACIA NO BRASIL.

Descubra/

parlatório

Neste espaço você encontra depoimentos de quem contribui para fortalecer a cultura de doação no Brasil.

Parlatório

A cultura de doação ainda é pouco difundida no Brasil, pois muitas vezes há uma confusão entre filantropia e assistencialismo. Falta o entendimento de que uma cultura de doação fortalecida – de forma transparente – é que torna possível uma sociedade engajada e comprometida com causas que realmente impulsionam uma convivência em espaços mais justos e sustentáveis. O Fundo Baobá é uma organização com a missão exclusiva de promover a equidade racial no Brasil e, para o cumprimento deste objetivo, é fundamental o envolvimento e engajamento de todas e todos. Vivemos em um país onde a maior parte da população é negra e, infelizmente, as estatísticas ainda apontam um abismo racial e social entre negros e não negros. Desta forma, apoiando a cultura de doação e, consequentemente, o Fundo Baobá é possível contribuir com quem atua na ponta, com quem trabalha para causas que promovem uma sociedade mais justa e equânime.

Selma Moreira – diretora executiva do Fundo Baobá, na foto com Hélio Santos (assembléia geral do Baobá) e Giovanni Harvey (presidente do conselho deliberativo).

Parlatório

O Fundo BIS busca fomentar a cultura de doação no Brasil, apoiando iniciativas que favoreçam o desenvolvimento de um ambiente cada vez mais motivante para que todos os brasileiros e brasileiras tenham causas e queiram destinar recursos a elas. A comunicação assume, assim, um papel fundamental em promover essa temática por meio de seu poder de pautar novos temas, levantar debates e mobilizar pessoas. O Viralize, que é um dos projetos apoiados pela primeira edição do Fundo BIS, consiste em uma iniciativa bastante estratégica para comunicar causas e indicar caminhos de como doar recursos a projetos que as representem, capilarizando e alçando a cultura de doação para todos os cantos do Brasil.

Karen Polaz – coordenadora de fomento e inovação do GIFE – incubador do Fundo BIS

Parlatório

Somos um país solidário, mas temos que ampliar nossa compreensão sobre o potencial de participar ativamente da nossa sociedade. O voto é uma forma muito limitada de entender nossa participação social. A democracia demanda que todos nós tenhamos uma voz mais ativa, como sociedade civil. Uma das manifestações dessa participação é a doação. Apoiar com recursos financeiros ideias e projetos sociais e ambientais é fortalecer a voz da sociedade civil, a nossa voz como cidadãos. Para mim, fortalecer a cultura de doação é fortalecer a democracia e construir um país no qual as pessoas resgatem seu poder, hoje na mão de poucos que defendem, em geral, seus próprios interesses, não o bem comum.

Rodrigo Alvarez – diretor da Mobiliza e conselheiro do Fundo BIS

Parlatório

Quanto mais autônoma for a organização social, maior o potencial de defender os direitos aos quais se propõe, seja pequena ou grande, de atendimento ou de defesa de interesses difusos. O aumento de doações de indivíduos para as OSC é, hoje, essencial para a trilharmos o caminho do país que queremos.

Joana Mortari – Movimento por Uma Cultura de Doação

Realização
Apoio
Acompanhe a VIRALIZE

© 2018. Todos os direitos reservados.

Novidades

Deixe seus dados e receba alertas com as novidades da Viralize.