UM MOVIMENTO PELA CULTURA DE DOAÇÃO. ENGAJE-SE PARA PROMOVER CAUSAS E PROJETOS SOCIOAMBIENTAIS, GARANTIR DIREITOS E FORTALECER A DEMOCRACIA NO BRASIL.

Descubra/

Estante

Brasil Giving Report 2019: um retrato da doação no Brasil

21.02.2019 // por Viralize

A segunda edição do Brasil Giving Report – estudo realizado pela Charities Aid Foundation (CAF) – instituição com sede no Reino Unido representada no Brasil pelo Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social (IDIS) -, traz uma fotografia do comportamento dos brasileiros no que diz respeito a doação, voluntariado e engajamento cívico.

A nova pesquisa, que abrange o período de agosto de 2017 a julho de 2018, revela que os números variaram pouco em relação aos doze meses anteriores, o que mantém o país no mesmo patamar no que se refere à cultura de doação: o brasileiro continua a doar de forma esporádica, sem comprometimento com a sustentabilidade das Organizações da Sociedade Civil (OSCs) e doa relativamente pouco – 0,2% do PIB (Produto Interno Bruto) -, se comparado a países com maior tradição filantrópica, como o Reino Unido ou os EUA, com 0,5% e 1,4% de seus PIBs, respectivamente.

No entanto, o relatório aponta que as novas gerações de brasileiros são mais engajadas e doam mais. O estudo mostra que pessoas entre 25 e 34 anos doaram mais dinheiro do que as pessoas com mais de 55 anos (75% versus 64%). Além disso, a pesquisa também constata que a faixa etária 18-24 anos é a que mais percebe o impacto positivo da atuação das OSCs no Brasil (85% versus 73% da média geral).

Confira alguns achados:

  • 70% dos brasileiros doaram dinheiro no período abrangido pela pesquisa, seja a uma organização da sociedade civil, igreja, organização religiosa ou patrocinando alguém.
  • No quesito voluntariado, mais da metade das pessoas (53%) fez algum tipo de trabalho voluntário no referido período.
  • As causas mais populares permanecem as mesmas em relação ao estudo anterior, com aproximadamente metade dos doadores (52%) apoiando organizações religiosas/igrejas.
  • A doação em dinheiro é o método mais comum, sendo utilizado por cerca de dois terços dos doadores (68%). A quantia média doada é de duzentos reais.
  • As principais motivações também permanecem inalteradas. “Porque faz com que se sintam bem”é a razão mais comum para a doação, com metade das pessoas citando esse motivo.
  • A maioria dos entrevistados considera que o impacto das organizações da sociedade civil no Brasil é positivo para as comunidades locais, para o país como um todo e também internacionalmente.
  • “Ter mais dinheiro”é o fator mais citado pelos pesquisados (57%) como estímulo para as pessoas doarem

Clique aqui para baixar a pesquisa completa.

Estante

Brasil Giving Report 2019: um retrato da doação no Brasil

A segunda edição do Brasil Giving Report – estudo realizado pela Charities Aid Foundation (CAF) – instituição ...

Mural

Um novo passo: seja mais que um doador, seja um parceiro de uma organização.

Você já fez ou doa mensalmente em dinheiro para uma ou mais organizações, recebe periodicamente os informes e ag...

Mural

Direitos humanos em foco: você acredita nos mitos sobre o assunto?

Há quem diga que os direitos humanos servem apenas para proteger quem comete crimes; outros acreditam que se trata de u...

Realização
Apoio
Acompanhe a VIRALIZE

© 2019. Todos os direitos reservados.

Novidades

Deixe seus dados e receba alertas com as novidades da Viralize.